News - Briefing de Mercado

Resultados corporativos e inadimplência derrubam ações
21/11/2012

21 de Novembro de 2012 12h08
Alexandre Melo

 

21/11 12:08 CMA (CMA)  Nr. 1315200099
(EMP,MEC)
CONSTRUÇÃO: Resultados corporativos e inadimplência derrubam ações
 
   São Paulo, 21 de novembro de 2012 - As ações do setor de construção
civil listadas no Ibovespa, principal índice da BM&FBovespa, registram queda
ainda influenciadas pelos resultados corporativos e aumento da inadimplência do
consumidor brasileiro, afirma Ricardo Zeno, sócio-diretor da AZ Investimentos.
A incorporadora e construtora Rossi Residencial (RSID3; a R$ 4,02) cediam
3,36%. Hoje, começou o processo de subscrição de ações para o aumento de
capital no valor de R$ 600 milhões.
 
   Dentre os demais papéis do setor, a PDG Realty (PDGR3; a R$ 2,86) registra
desvalorização de 3,05%, assim como a MRV Engenharia (MRVE3), cujas ações
retraem 1,62%, negociadas por R$ 10,27. O Indice Imobiliário (Imob), que
reflete o desempenho das ações, tem queda de 0,16%, a 865,96 pontos.
 
 
    Alexandre Melo / Agência CMA
 
 
    Edição: Andréa Rodrigues
 
Copyright 2012 - Agência CMA
As ações do setor de construção civil listadas no Ibovespa, principal índice da
BM&FBovespa, registram queda ainda influenciadas pelos resultados corporativos e
aumento da inadimplência do consumidor brasileiro, afirma Ricardo Zeno, sócio-diretor
da AZ Investimentos. A incorporadora e construtora Rossi Residencial (RSID3; a R$ 4,02)
cediam 3,36%. Hoje, começou o processo de subscrição de ações para o aumento de
capital no valor de R$ 600 milhões.
Dentre os demais papéis do setor, a PDG Realty (PDGR3; a R$ 2,86) registra
desvalorização de 3,05%, assim como a MRV Engenharia (MRVE3), cujas ações
retraem 1,62%, negociadas por R$ 10,27. O Indice Imobiliário (Imob), que
reflete o desempenho das ações, tem queda de 0,16%, a 865,96 pontos.

 

Fonte: Agência CMA

voltar

 
 
 
© 2009 AZ Investimentos - all rights reserved | desenvolvido por Client By