News - Briefing de Mercado

Bolsa inverte trajetória e agora sobe pelo 5º pregão consecutivo, puxada por Petrobras
20/08/2014

20 de Agosto de 2014 11h48
Rennan Setti

Investidores aguardam oficialização da candidatura de Marina Silva (PSB) à Presidência

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que abriu em leve queda nesta quarta-feira, inverteu a trajetória e agora sobe, favorecida pela Petrobras. É o quinto pregões consecutivo de valorização da Bolsa, embalados pela convicção dos investidores de que haverá segundo turno nas eleições presidenciais. Às 11h43m, o índice de referência Ibovespa avançava 0,71%, aos 58.866 pontos.

O dólar comercial opera em alta de 0,31%, cotado a R$ 2,255 para compra e a R$ 2,257 para venda.

O mercado aguarda a oficialização, à tarde, da candidatura de Marina Silva (PSB), que substituirá na corrida Eduardo Campos, morto em acidente aéreo há uma semana. Há também hoje a divulgação de ata da última reunião do Fed (Federal Reserve, banco central americano).

Os papéis da Petrobras avançam 1,52 (ON, com direito a voto) e 1,48% (PN, sem direito a voto). A petrolífera informou ter encontra gás no bloco SEAL-M-426, da Bacia de Sergipe, no qual a companhia tem participação de 60% (a IBV Brasil Petróleo detém a fatia restante). A descoberta, porém, ainda não é declarada comercialmente viável.

— É a Petrobras que está sustentando o pregão. A empresa está subindo sem parar há cinco dias. O cenário eleitoral está por trás disso, mas acredito que hoje a principal influência são os rumores que circulam no mercado de que deve haver aumento do preço dos combustíveis ainda antes das eleições — afirmou Ricardo Zeno, sócio-diretor da AZ Investimentos.

As ações dos bancos reagem com timidez à notícia de que o Banco Central fez nova mudança em compulsório para injetar R$ 25 bilhões na economia. As ações do Bradesco, que chegaram a cair mais cedo, agora sobem 0,45% (PN, sem direito a voto); as do Itaú Unibanco têm alta de 0,53%. O Banco do Brasil, que costuma ser mais afetado pelo cenário eleitoral, sobe 0,73%.

As ações da Vale têm alta de 0,54%, tanto a ON quanto a PN. Ontem, a companhia informou ao mercado a conclusão da transferência de fatia no capital total da firma de logística VLI para fundo da Brookfield Asset Management. Agora a mineradora passa a ter 37,6% do capital total da VLI.

A MMX, que caiu mais de 10% ontem com a informação de deve entrar com pedido de recuperação judicial, tem mais um dia de queda, recuando 3,77%. Hoje a mineradora de Eike Batista informou em fato relevante que dará férias coletivas a funcionários de mina Serra Azul (MG) por causa de restrição ambiental e queda do preço do minério de ferro.

Em Wall Street, as Bolsa operam praticamente estáveis, em compasso de expectativa pela divulgação da ata da última reunião do Fed (Federal Reserve). O índice Dow Jones sobe 0,10%, e o S&P 500 tem variação positiva de 0,03%, enquanto o Nasdaq cai 0,11%.

(Com agências internacionais)

Fonte: O Globo

voltar

 
 
 
© 2009 AZ Investimentos - all rights reserved | desenvolvido por Client By