News - Briefing de Mercado

Bolsa se recupera e passa a subir puxada por Vale; dólar também opera em alta
15/10/2014

14 de Outubro de 2014 10h31
Rennan Setti

Ontem, Bovespa registrou sua maior alta em três anos.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) inverteu o sinal nesta terça-feira e passou a subir no fim da manhã, depois de ter aberto em queda por conta de rumores eleitorais. Sustenta a alta do pregão o desempenho da mineradora Vale. Ontem, o pregão registrara sua maior alta em mais de três anos. Às 12h48m, o índice de referência Ibovespa registrava alta de 0,75%, aos 58.392 pontos.

Com a volatilidade do mercado, o dólar comercial — considerado um porto seguro pelos investidores — avança 0,20%, cotado a R$ 2,396 para compra e a R$ 2,398 para venda.

O motivo da valorização de 4,78% na segunda-feira foram pesquisas afirmando que o candidato Aécio Neves (PSDB) havia aberto vantagem sobre Dilma Rousseff (PT). Hoje, o motivo de a Bolsa ter aberto em queda foi um levantamento que aponta empate técnico entre os dois candidatos no segundo turno. Além disso, é natural que os investidores realizem lucros depois de uma valorização expressiva.

As ações da Petrobras, que haviam subido mais de 10% ontem, hoje apresentam alta de 0,72% (ordinárias, com direito a voto) e 0,49% (preferenciais, sem voto). A Vale tem mais um dia de valorização, após a divulgação de dados positivos da economia chinesa e da alta do minério de ferro, seu principal produto. As ações da mineradora avançam 3,38% (ON) e 2,78% (PN). Ações de siderúrgicas acompanham o bom humor, como CSN (3,17%) e Usiminas (2,55%).

— A Vale vai pagar dividendos no dia 31 e isso gera fluxo comprador para seus papéis. Além disso, o noticiário da China veio mais positivo, o que sempre favorece a companhia — afirmou Ricardo Zeno, sócio-diretor da AZ Investimentos. — O restante do mercado está na gangorra eleitoral e vai permanecer assim até o fim do segundo turno.

Os bancos operam com variação tímida. O Banco do Brasil, que subiu quase 11% ontem, cai 0,38%. O Bradesco apresenta alta de 1,02%, enquanto o Itaú Unibanco registra alta de 0,73%.

As ações da mineradora MMX, de Eike Batista, caem 4%, depois que a empresa anunciou que suas operações continuarão interrompidas mesmo depois dos fins das férias coletivas dadas aos funcionários. Até sexta-feira, a companhia já havia demitido 120 dos 420 funcionários envolvidos nas operações da mina de Serra Azul. A situação das outras 300 pessoas deve ser definida hoje após vistoria do Ministério Público do Trabalho (MTB), segundo o sindicato Metabase de Brumadinho (MG).

Os mercados globais operam em recuperação, após dias de desvalorização. Em Wall Street, os índices de ações sobem com o resultado melhor que o esperado do Citigroup e o bom desempenho de empresas aéreas no pregão. O índice Dow Jones sobe 0,63%, enquanto o S&P 500 avança 0,78% e o Nasdaq, 1,06%.

Fonte: O Globo

voltar

 
 
 
© 2009 AZ Investimentos - all rights reserved | desenvolvido por Client By