News - Briefing de Mercado

Dólar zera alta acumulada em 2016 caindo a R$ 3,84; Bolsa sobe 2%
04/02/2016

04 de Fevereiro de 2016 09h37
Rennan Setti

Dados fracos sobre economia dos EUA derrubam a divisa desde ontem pelo mundo.

O dólar comercial segue em sua tendência de queda contra o real nesta quinta-feira, após ter fechado no menor valor do ano na quarta por causa de dados fracos sobre o setor de serviços dos Estados Unidos. A divida recua 1,50%, cotada a R$ 3,859 para compra e a R$ 3,861 para venda. Na mínima, moeda caiu a R$ 3,846, a menor cotação durante uma sessão desde 29 de dezembro. Globalmente, o dólar cai 0,48% contra uma cesta de dez moedas, segundo o índice Dollar Spot, da Bloomberg. Ontem, o indicador já havia recuado 1,68%.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) avança 2,03%, aos 40.392 pontos, acompanhando a animação dos investidores na maioria dos mercados estrangeiros com a perspectiva de que os sinais de fragilidade da economia global farão o Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) a postergar os aumentos de juros planejados.

Essa expectativa levou o barril do petróleo do tipo Brent a saltar 7,09% na quarta, valendo US$ 35,04. Hoje, o produto registra leve queda, de 0,31%, cotado a R$ 34,93.

— A agenda interna é vazia. O mercado está seguindo o desempenho externo, que está positivo. Eu não acredito que o Fed suba juros esse ano dada a conjuntura — Ricardo Zeno, sócio-diretor da AZ Investimentos. — Mas o mercado já está entrando em clima de carnaval, e as principais decisões deve ficar para depois da festa.

Na Europa, o índice de referência Euro Stoxx 50 sobe 0,36%, enquanto a Bolsa de Londres sobe 1,11%. Em Frankfurt, a alta é de 0,12%. A exceção entre as principais Bolsas do mundo é a Bolsa de Paris, que cai 0,28%.

Entre as ações brasileiras, a Petrobras ON sobe 0,97% (R$ 6,24) e a PN avança 0,22% (R$ 4,50). A Vale ON salta 7,10% (R$ 9,65) e a PN, 5,60% (R$ 7,35).

O Banco do Brasil ON sobe 2,11% (R$ 13,55), enquanto o Bradesco avança 1,38% (R$ 18,97). O Itaú Unibanco PN, porém, cai 0,74% (R$ 24,03).

Fonte: O Globo

voltar

 
 
 
© 2009 AZ Investimentos - all rights reserved | desenvolvido por Client By